Avaliação do Processamento Auditivo

Thumbnail
Exames: saiba mais!

A avaliação do processamento auditivo é indicada, preferencialmente, para indivíduos com audição normal, mas que em algumas situações específicas, apresentam dificuldades em receber e compreender a mensagem auditivamente.

Trata-se de um exame comportamental, isto é, dependente da participação e colaboração do indivíduo avaliado. Durante o teste, realizado em cabine acústica, o paciente será estimulado com mais de um som simultaneamente, como palavras com chiado, ou frases com história competitiva, entre outros estímulos. Dependendo da instrução dada pelo fonoaudiólogo o sujeito deverá atentar e repetir todos os sons fornecidos, ou apenas aquele que é o foco do teste. É um teste longo, que exige atenção e boa vontade e, por isso, muitas vezes utiliza-se mais de uma sessão para finalizá-lo.

O principal objetivo da bateria de testes que compõem a avaliação do processamento auditivo é identificar quais as habilidades auditivas afetadas, para direcionar um trabalho fonoaudiológico específico, visando reabilitação e treinamento auditivo. Assim, o indivíduo poderá lidar melhor com informações auditivas, mesmo em ambientes pouco favoráveis acusticamente.

Aplicação Clínica:

A avaliação do processamento auditivo é indicada para crianças com dificuldades no processo de aquisição de fala (com trocas expressivas nos sons da fala) ou com dificuldades no processo de aquisição da habilidade de leitura e escrita ou em qualquer fase da escolarização.

É indicada também para adultos, que, em sua trajetória escolar, apresentavam dificuldades referentes à localização sonora ou ao entendimento de mensagens auditivas em ambientes com vários sons simultâneos.

Adultos e idosos com dificuldades auditivas podem se beneficiar do teste, pois este pode revelar as habilidades auditivas mais prejudicadas, e assim, direcionar um trabalho terapêutico em fonoaudiologia.

Related Posts

COOL WIDGETS

Comments (889)